#ConhecendoYoutubers: Phills Monteiro

 

“A tendência do meu canal é ajudar com minhas experiências pessoais, os que buscam uma referência masculina no mundo do Youtube.”

1934608_10153279976246623_7786625996769450464_n

O carioca Felipe Monteiro, mais conhecido como Phills, tem 25 anos e a mais ou menos três anos criou um canal no Youtube com o intuito de falar sobre cabelos crespos e cacheados para homens. O que motivou foi uma busca sem sucesso por referências brasileiras masculinas que falassem do assunto, e hoje seu canal já conta com mais de 3 mil inscritos.

7503_876805129084096_1252492840177379860_n.jpg

Morando atualmente em Lyon, na França, concilia a vida de casado com a vida de Youtuber. Segundo ele, mesmo morando em um lugar onde exista uma maioria de pessoas brancas, nunca teve problema com o racismo ou olhares estranhos.

“Vejo que as pessoas olham muito pela curiosidade sobre o cabelo mesmo, pelo fato de ser difícil ver negros com cabelo crespos aqui! ” –  diz Phills Monteiro.

Mesmo como uma certa restrição em encontrar produtos para o seu tipo de cabelo em mercados e lojas de conveniência, ele diz que a cidade é maravilhosa de se morar, pois tudo funciona e é bem tranquila. Segundo ele, apesar de não achar os produtos nas prateleiras dos mercados, indo a lojas especificas são encontrados diversos produtos bons facilmente.

Há três anos que o ex-estudante de educação física da UFRJ, resolveu assumir a madeixas naturais, passando pelo momento chamado de Transição Capilar, onde há uma transição do cabelo com química para o cabelo natural. Sendo assim, Phills usou por volta de 6 meses tranças nagôs e dreads, até cortá-lo, antes de assumi-los por inteiro.

“Passei por transição sim, não foi nada sofrido (tirando a dor de cabeça assim que terminava os dreads de lã), mas foi bem fácil.” Diz o jovem

.Apesar da forte representatividade para cultura negra que Phills estabelece, ele considera a sua auto aceitação uma consequência de um ato político, porém, não tem nenhuma relação com o movimento negro no momento.

“Creio que o canal no Youtube, acaba sendo um movimento negro, porém sem o rótulo. Estou levando um pouquinho da cultura negra para as pessoas, mostrando um pouco aqui na França. Mas participar de um certo movimento, ainda não” afirma ele.

Não pertencendo a um grupo rotulado e determinado, sempre quando pode o jovem mostra o empoderamento do Black.

“ Eu vejo sim que os negros estão sendo, aos poucos, melhores representados atualmente. Vejo Blogueiras fazendo comercial de TV, vejo personagens negros nas novelas em uma classe que não está presa a subserviência, sendo representado de todas as formas e não apenas em 1 ou 2. ”

Aceitar o cabelo do jeito que ele é, sem vergonha!

Inspirando o público masculino a deixar o cabelo crescer, Phills fica muito feliz ao receber mensagens de superação e das conquistas dos seus inscritos.

“Eu espero que eu possa continuar ajudando as pessoas servindo de inspiração. De se aceitar do jeito que é, independente do que te falem.”

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s